terça-feira, 22 de maio de 2018

Em tarde agradável, Sergipe vence Central por 1 a 0 e se classifica

DATA: 19/05/18
LOCAL: BATISTÃO
JOGO: 5°RODADA/GRUPO A7 – SERGIPE X CENTRAL DE CARUARU/PE

Sergipe entrou em campo neste sábado, 19, para enfrentar o Central de Caruaru pela quinta rodada do grupo A7 do Brasileirinho da série D. O duelo entre os dois times se repetiu: no turno o vermelhinho desbancou o time pernambucano com o placar de 1 a 0. A bola rolou às 16h no estádio Lourival Batista, em uma tarde muito agradável e boa para prática do futebol.

ESCALAÇÕES

SERGIPE: Jean, Rhuan, Cláudio Baiano, Carlos Alexandre e Marinho Donizete; Brendon, Ramalho, Natan (Fabinho Cambalhota, 43´/2ºT) e Danilo Rios (Obina); William Paulista (Nino Guerreiro) e Diogo – Técnico: Edmilson Silva

CENTRAL: França, Dudu Gago, Danilo Quipapá, Vitão e Paulo Fernandes (Luis Felipe, 43´/2ºT); Eduardo Eré, Fernando Pires, Wasington e Junior Lemos (Idevam); Grafite (Vinícius Paquetá) e Leandro Costa – Técnico: Mauro Fernades

Público Pagante: 3.400; Não Pagantes: 329; RENDA: 38.491,00R$.

Árbitros: Principal: Glauco Nunes Feitosa (CE); Auxiliado por: Renan Aguiar Costa (CE) e Jailson Albano da Silva (CE).

EVENTOS DO JOGO
Times entram em campo pra fazerem aquecimento por volta das 15h30min. Às 15h55min os dois times entram em campo, com o hino nacional atrasado. Às 16h01min começou a rolar a bola no Batistão. 

O JOGO
1°TEMPO
O jogo começa, logo de cara, com um cartão amarelo para o Sergipe. Em seguida, o Central dá um chute de longa distância e Jean faz uma importante defesa. O jogo continua chato com chutes para fora do time pernambucano. Mas logo aos 24 minutos, bate rebate na área e Danilo Rios abre o escore no Batistão: 1 a 0 para o Sergipe. Aos 31 minutos cartão amarelo pro Central. Jogo continua truncado pelo meio com chutes perigosos e escanteios para os dois lados. Aos 46 minutos, o árbitro apita fim de primeiro tempo.

2°TEMPO
O segundo tempo começa com substituição na equipe do Central: entra Vinícius Paquetá no lugar de Junior Lemos. Logo aos 4 minutos, amarelo pra Brendon do Sergipe. O jogo segue com chutes perigosos à meta de Jean. Aos 17 minutos amarelo para Vitão do Central. O jogo continua com faltas perto da área do Central e chutes perigosos para o Sergipe. Logo depois, mais um cartão amarelo: agora para Danilo Quipapá, zagueiro da equipe visitante. Cartão amarelo para Ramalho. Substituições no Sergipe sai William Paulista e Natan e entram Nino Guerreiro e Fabinho Cambalhota já no fim do jogo. Ainda havia mais tempo para a última substituição do Central e falta perigosa para o lado rubro. Aos 50 minutos, o juiz finaliza e decreta a importante vitória colorada que classificou o time para a segunda fase.

Por: Lucas Foppel
Jornalista

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Boca x pernas: quem vence a disputa na balança calórica?

(Crédito: iStock Getty Imagens)
Quando o assunto é perder ou mesmo controlar o peso corporal, invariavelmente volta a ser discutida a comparação entre calorias gastas em atividades físicas e calorias consumidas na alimentação. Ninguém ignora certa “injustiça” que constatamos quando comparamos o valor calórico de certos alimentos e o valor calórico de determinadas atividades físicas. O gasto calórico de aproximadamente uma hora de atividade física como pedalar, andar, entre outras, é praticamente “anulado” por uma sobremesa saborosa.

Para perder peso, a ciência já demonstrou que precisamos sempre tentar atuar dos dois lados da balança calórica. Ou seja, tanto procurar aumentar o gasto calórico médio diário (com uma vida mais ativa), quanto diminuir a ingestão de calorias, principalmente corrigindo a alimentação.

A causa das maiores dificuldades em se conseguir perder peso é a interpretação errada dos efeitos de intervenções dos dois lados da balança calórica. Tanto existe a tendência de supervalorizar os efeitos das atividades físicas, como também existe, muitas vezes, uma falta de informação básica sobre o valor calórico de certos alimentos.

Muitas pessoas que começam um programa de exercícios começam a “se dar o direito” de ingerir mais calorias por conta de um crédito que acreditam ter adquirido pela prática de certas atividades, geralmente superestimando o valor calórico dos exercícios físicos. Por outro lado, existe também uma falta de informação correta sobre o valor calórico de certos alimentos. Existem erros básicos muito comuns como, por exemplo, “fruta não engorda”, além da frequente situação de subestimar a repercussão da ingestão frequente de certos alimentos em pequenas quantidades, várias vezes ao dia, como a quantidade total de açúcar ingerida em vários cafezinhos.

Perder peso requer disciplina, correção de hábitos errados e o respeito ao corpo, não impondo nenhuma atitude agressiva e contundente – como uma restrição calórica radical – que certamente irá provocar um efeito “rebote” indesejado. É também muito importante obter as informações corretas sobre exercícios e nutrição, não incorrendo nos erros acima citados, pois sempre vale lembrar que “a boca é mais rápida que as pernas”.

Fonte: Eu Atleta / Globoesporte

terça-feira, 15 de maio de 2018

Contra assédio sexual e abuso, COB assina termo de compromisso

Leandro e Wanderley (Crédito: Lance)
O presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley, assinou nesta terça-feira, 15, na sede da entidade, no Rio de Janeiro, um Termo de Compromisso para Ações de Prevenção ao Abuso e Assédio Sexual e Moral no Ambiente Esportivo. A assinatura foi realizada em reunião de trabalho com o ministro do Esporte, Leandro Cruz, e os presidentes das Confederações Olímpicas Brasileiras. O Ministério do Esporte aproveitou a ocasião para apresentar a Cartilha de Governança em Entidades Esportivas, lançada no início de abril. 

- As ações propostas têm por objetivo a preservação da dignidade da pessoa humana e seus direitos fundamentais, tais como a liberdade, a intimidade, a vida privada, a honra, a igualdade de tratamento e o direito a um bom ambiente de trabalho, e de prática esportiva, sadio e seguro - declarou o presidente do COB, Paulo Wanderley.

- Assim como o COB assumiu o compromisso público de desenvolver ações efetivas para prevenção do abuso e assédio sexual no ambiente esportivo, solicito que as confederações também se engajem como forma de adesão para um trabalho em conjunto com o COB - complementou.

A assinatura do Termo de Compromisso para Ações de Prevenção ao Abuso e Assédio Sexual e Moral no Ambiente Esportivo faz parte do Programa de Integridade do COB e se deu às vésperas do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, no próximo dia 18.

Além do Termo de Compromisso, o COB elaborou uma cartilha, que foi distribuída aos presentes na reunião com informações e orientações para a prevenção do assédio sexual e moral no ambiente esportivo. Outra ação prática do COB neste sentido é a criação do Canal de Ouvidoria e Ética do COB, que estará aberto a partir do dia 22 para receber relatos de denúncias, reclamações e sugestões.

Fonte: Lance

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Davi Mendonça é confirmado como técnico do Lagarto Futsal

(Crédito: Globoesporte)
A uma semana de estrear no Campeonato Sergipano Adulto de Futsal, a diretoria do Lagarto, atual campeão estadual da categoria, anunciou, na noite de quinta-feira, 3, o técnico para a disputa do torneio: trata-se de Davi Mendonça, vice-campeão da Copa TV Sergipe de Futsal com o Aracaju e vice-estadual com o Educar (Glória). 

Davi é um dos treinadores mais jovens do país e está no hall dos grandes profissionais da área. Além de vice-campeão das duas competições acima citadas, uma outra conquista que Davi deixou escapar, e é muito lamentada por algumas pessoas próximas a ele, foi a Taça Brasil Sub-20 de Futsal 2017, onde a equipe do Educar, sob o seu comando, perdeu nas semifinais para o Sport com um gol marcado a 35 segundos do fim. 

Agora, Davi deixa de lado o projeto do Aracaju e projeta as ações no Lagarto. “Eu estava com um projeto em Aracaju de dar sequência. Infelizmente as coisas não saíram como o esperado. Não por falta de interesse de Jorginho (SEJESP)... as coisas ficaram difíceis. Mas agradeço a todos pelo trabalho e pelo brilhante trabalho que fizemos na Copa TV Sergipe. A vida é feita de ciclos, recebi um convite do pessoal de Lagarto. Um projeto muito ousado, muito bom, é o que faltava na minha carreira. Era um projeto grande, uma grande equipe, contratando grandes jogadores, uma estrutura grande. Tenho certeza que será uma equipe competitiva, faremos campanhas muito boas e brigando sempre pelos títulos. Feliz e motivado com o projeto”. 

O Lagarto estreia no estadual adulto na quinta-feira, 10, às 19h40, contra o Siririense, no Ginásio de Itaporanga D`Ajuda. O duelo será válido pelo grupo A, que tem ainda o Assesait, time da casa, enfrentando o Tobias Futsal no mesmo ginásio, às 20h40.

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Galego retorna ao Real Moitense e diretoria anuncia pacotão de reforços

(Crédito: Globoesporte)
O técnico Wilson Mendonça, o “Galego”, está de volta ao comando do Real Moitense. O anuncio foi feito pelo clube na tarde desta quarta-feira, 2, via Facebook do Real Moitense. Após a confirmação, a diretoria anunciou um pacotão de reforços: Marcondes (Ex-Lagarto Futsal) e Everton (goleiros); Pita (Ex-Lagarto Futsal), Rafael e Melo (fixos); Deivinho (Ex-Lagarto Futsal), Rone, Jefinho, Anderson, Pedrinho (Ex-Lagarto Futsal) e Paulistinha (alas); Juninho, Bebeto (Ex-Lagarto Futsal) e William (pivôs). 

Os reforços chegam ao clube às vésperas da estreia no Campeonato Sergipano de Futsal. Na sexta-feira, 4, às 20h40, a equipe moitense enfrenta o Lei Seca/Tema (Monte Alegre) no Ginásio de Esportes de Moita Bonita. Antes, às 19h40, no mesmo ginásio, o Real Independente/Seleção de Cumbe encara o Educar (Glória), vice-campeão estadual. Os duelos são pelo grupo B.

Wilson Mendonça volta ao clube no qual conquistou vários títulos na carreira: nove vezes campeão sergipano (2005, 2006, 2009, 2010, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017); campeão da Taça Sergipe, em 2005; duas vezes campeão da Liga Nordeste (2005 e 2015); cinco vezes campeão da Copa TV Sergipe (2006, 2009, 2010, 2011 e 2015); campeão da Taça Brasil de Futsal 1° Divisão em 2013.