sábado, 1 de outubro de 2016

Capela e Itaporanga buscam fazer história no estadual

Wilson  busca oitavo título estadual (Foto: Blog)
Apesar do respeito mútuo pelo trabalho do adversário, os técnicos Wilson “Galego” Mendonça, do Moita Bonita, e Gláuber “Kebinho” César, de Capela, não pensam em outra coisa a não ser no título do Campeonato Sergipano Adulto Masculino de Futsal 2017. Se para Wilson Mendonça é a chance de conquistar o oitavo título do certame no comando do Moita, para Gláuber é a chance não só de conquistar o segundo título da carreira, mas fazer com que Capela saia da fila de dez anos sem títulos. 

E a primeira decisão acontece no sábado, 8, às 20h30, no Ginásio de Esportes Prefeito Manoel Cardoso, em Capela. O duelo de volta será na sexta-feira, 14, às 20h30, no Ginásio de Esportes Governador Albano Franco, em Moita Bonita. Por chegar na final como a melhor equipe, os moitenses jogam por dois resultados iguais para se sagrarem campeões. Resta aos capelenses irem atrás do resultado positivo para conquistar o tão sonhado título estadual. 

Tanto Wilson como Gláuber ficaram satisfeitos pelos dois jogos serem após o período eleitoral. Para Galego, “o público vai comparecer mais ao ginásio para empurrar o time”. Para Kebinho, “o público deu uma queda por conta do período eleitoral. E vai estar presente em busca da vitória”. 

Quanto à semana de trabalhos, Wilson Mendonça resume que foi muito boa e se mostrou empolgado quanto à dedicação dos atletas nos treinos – um deles realizado em Aracaju. “Sei da dificuldade que será o jogo. Mas a equipe está acostumada a final e preparada para a decisão. Quem errar menos conquista a vitória. Vamos tentar aproveitar esta vantagem (de dois resultados iguais). Esperamos, no primeiro jogo, manter ou aumentar”, afirmou o comandante de Moita. 

Glauber busca título inédito (Foto: GloboesporteSE)
Sobre a semana de trabalho da equipe de Capela, Kebinho diz que o time trabalhou dois dias na semana e se reapresenta na terça-feira, com treino em Aracaju. Gláuber diz que o foco é trabalhar na parte tática, mas não esconde a emoção de ganhar o título para a cidade. “Será muito importante pois Capela precisa muito deste título. Vamos marcar muito bem e fazer os gols no contra-ataque para sair na frente em casa. A gente tem um time muito bom e vai dar tudo certo”, ressaltou. 

Para apimentar um pouco mais a decisão, há uma história curiosa envolvendo Wilson e Gláuber. Na Copa TV Sergipe de Futsal, Gláuber César estreava como técnico da Seleção de Itaporanga. E, na decisão, enfrentou a Seleção Aracaju, de Wiilson Mendonça, no Ginásio do Sesi, em Aracaju. 

Diferente de hoje, em 2014 o Itaporanga jogava pelo empate na decisão em jogo único. Resultado: partida terminou 4 a 4 e Gláuber sentiu o gosto de levantar, pela primeira vez, a taça estadual como técnico. Juninho (2), Batom e Serjão marcaram os gols para Itaporanga – destes, apenas Juninho está no elenco de Capela na decisão do estadual. Para Aracaju, marcaram Pita, Bebeto, Akes e Neto Negão – destes, apenas Akes não faz parte do time de Moita na decisão. 

O técnico Wilson Mendonça disse que o retrospecto não o preocupa. “Já perdi e já ganhei. Não só eu, e nem só ele ganha o jogo, mas o grupo em si. Pois quando você tem a união da equipe e um grupo forte, é capaz de conquistar qualquer objetivo”, pontuou Galego. 

Se para o técnico Wilson Mendonça não preocupa, para Gláuber César isso será um atrativo a mais. “Penso em buscar a vitória, pois o time é muito bom. Nós temos os nossos objetivos. Acredito que possamos ser campeões em cima de Galego”, afirmou Kebinho.

Nenhum comentário: